Negócios em Foco

DocuSign anuncia resultados financeiros do segundo trimestre de seu ano fiscal


São Paulo, SP 04/09/2020 16h43

Imagem mostra um cumprimento entre uma mão humana e uma mão desenhada por meio de dispositivos tecnológicos - Pixabay

A DocuSign, Inc. (NASDAQ: DOCU), que oferece a solução de assinatura eletrônica nº 1 do mundo, que faz parte do DocuSign Agreement Cloud, anunciou nesta quinta-feira (03) os resultados do segundo trimestre de 2021, período fiscal encerrado em 31 de julho de 2020.

"Em um mundo digital e em aceleração, onde os negócios podem ser conduzidos de qualquer lugar, a necessidade de acordos eletrônicos e remotos nunca foi tão forte, como mostrado em nosso crescimento de 61% no faturamento ano a ano", afirmou Dan Springer, CEO da DocuSign. "Estamos apenas arranhando a superfície da oportunidade que temos para o nosso Agreement Cloud e acreditamos que estamos cada vez mais nos tornando uma plataforma de software em nuvem essencial para organizações de todos os tamanhos."

Destaques financeiros do segundo trimestre

• A receita total foi de US$ 342,2 milhões, um aumento de 45% ano a ano. A receita de assinaturas foi de US$ 323,6 milhões, um aumento de 47% em relação ao ano anterior. Os serviços profissionais e outras receitas foram de US$ 18,6 milhões, um aumento de 25% em comparação ao mesmo período do ano passado;

• O faturamento foi de US$ 405,7 milhões, um aumento de 61% em relação ao ano anterior;

• A margem bruta GAAP* (Princípios Contábeis Geralmente Aceitos, em português) foi de 74% em ambos os períodos comparativos. A margem bruta não-GAAP foi de 78% nos dois períodos;

• O prejuízo líquido GAAP por ação básica e diluída foi de US$ 0,35 em 185 milhões de ações em circulação, em comparação com US$ 0,39 em 175 milhões de ações em circulação no mesmo período do ano passado;

• O lucro líquido não-GAAP por ação diluída foi de US$ 0,17 em 203 milhões de ações em circulação, em comparação com US$ 0,01 em 189 milhões de ações em circulação no mesmo período do ano passado;

• O caixa líquido gerado pelas atividades operacionais foi de US$ 118,1 milhões, comparado a US$ 26,4 milhões no mesmo período do ano passado;

• O fluxo de caixa livre foi de US$ 99,8 milhões, em comparação com US$ 11,9 milhões no mesmo período do ano passado;

• Já no caso do lucro, equivalentes de lucros, lucros restritos e investimentos foram de US$ 740,6 milhões no final do trimestre.

*Uma explicação para as medidas de reconciliação financeiras GAAP para não-GAAP está disponível nas tabelas incluídas neste documento, sob o título "Medidas financeiras não-GAAP e outras métricas importantes".

Destaques operacionais e outros destaques financeiros

DocuSign Agreement Cloud 2020 Product Release 2. A DocuSign introduziu novos recursos e aprimoramentos em sua mais recente versão, para apoiar os clientes em suas transformações digitais, incluindo DocuSign eSignature for Workplace do Facebook, que permite o acesso ao DocuSign eSignature por meio de um chatbot da plataforma social para fins profissionais do Facebook; modelos de fluxo de trabalho para a DocuSign CLM, que permite aos usuários de negócios configurar rapidamente processos de contrato comuns, como aprovações, assinatura e roteamento; e aprimoramentos de DocuSign ID Verification e DocuSign Click.

Aquisição da Liveoak Technologies. Em 7 de julho de 2020, a DocuSign anunciou a aquisição da Liveoak Technologies, Inc. em uma transação envolvendo todas as ações. Para fechamentos de contratos que normalmente exigem que as pessoas estejam fisicamente presentes juntas, o Liveoak permite que a transação seja feita remotamente por meio de videoconferência. A plataforma da empresa inclui uma série de tecnologias específicas para acordos remotos, como verificação de identidade por meio de vídeo, auxílio no preenchimento de formulário, integração com a DocuSign eSignature e uma trilha de auditoria detalhada. A DocuSign planeja alavancar a tecnologia e experiência do Liveoak para acelerar o lançamento de novos produtos que permitirão o reconhecimento de firma online em diversos países em que a companhia está presente.

Nomeação do CTO. Em 25 de agosto de 2020, a DocuSign anunciou Kamal Hathi como seu novo diretor de tecnologia (CTO). Antes de ingressar na DocuSign, Hathi foi diretor de produtos e tecnologia da Trader Interactive, fornecedora líder de produtos e marketplaces que atende ao setor de veículos de passeio e equipamentos comerciais. Antes disso, ele passou mais de duas décadas na Microsoft — mais recentemente como GM para sua solução de análise SaaS e Business Intelligence, Power BI. Como CTO, Kamal supervisionará o desenvolvimento e a execução do roadmap de tecnologia da DocuSign, incluindo a expansão do DocuSign Agreement Cloud.

Confira uma apresentação com os números da DocuSign (em inglês): https://s22.q4cdn.com/408980645/files/doc_financials/2021/q2/DS-Q2-F2021-Earnings-Slides-Final.pdf

Sobre a DocuSign

A DocuSign ajuda organizações a conectarem e automatizarem a maneira como preparam, assinam, agem e gerenciam contratos. Como parte do DocuSign Agreement Cloud, a companhia oferece a solução líder mundial de assinatura eletrônica, permitindo assinar documentos em praticamente qualquer dispositivo, de qualquer lugar com conexão e a qualquer momento. Atualmente, são mais de 750 mil clientes e centenas de milhões de usuários em mais de 180 países usando DocuSign para acelerar os processos de negócios e simplificar a vida das pessoas.

Para mais informações, visite www.docusign.com.br

XCOM

Agência de Comunicação da DocuSign

Estela Takada

Estela.Takada@xcom.net.br

(11) 99237-5921 Carina Baladi

Carina.Baladi@xcom.net.br

(11) 2898.7453 Alexandre Tsuneta

Alexandre.Tsuneta@xcom.net.br (11) 2898.7480

*Medidas financeiras não-GAAP e outras métricas importantes

Para complementar nossas demonstrações financeiras consolidadas, preparadas e apresentadas de acordo com os GAAP, usamos certas medidas financeiras não-GAAP, conforme descrito abaixo, para entender e avaliar nosso desempenho operacional principal. Essas medidas financeiras não-GAAP, que podem ser diferentes das medidas de título similar usadas por outras empresas, são apresentadas para melhorar a compreensão geral dos investidores sobre nosso desempenho financeiro e não devem ser consideradas um substituto ou superior às informações financeiras preparadas e apresentado de acordo com o GAAP.

Acreditamos que essas medidas financeiras não-GAAP fornecem informações úteis sobre nosso desempenho financeiro, aprimoram o entendimento geral de nosso desempenho passado e perspectivas futuras e permitem maior transparência com relação às métricas importantes usadas por nossa administração na tomada de decisões financeiras e operacionais. Estamos apresentando essas medidas não-GAAP para ajudar os investidores a ver nosso desempenho financeiro usando uma visão gerencial, e porque acreditamos que essas medidas fornecem uma ferramenta adicional para os investidores usarem na comparação de nosso desempenho financeiro principal em vários períodos com outras empresas em nossa empresa.

Lucro bruto não-GAAP, margem bruta não-GAAP, despesas operacionais não-GAAP, receita operacional não-GAAP, margem operacional não-GAAP, receita líquida não-GAAP, receita líquida não-GAAP e receita líquida não-GAAP por ação: definimos essas medidas financeiras GAAP, excluindo despesas relacionadas a remuneração baseada em ações, imposto sobre folha de pagamento do empregador em transações com funcionários, amortização de intangíveis relacionados à aquisição, amortização de desconto de dívida e custos de emissão de nossas notas conversíveis emitidas em setembro de 2018, despesas relacionadas à aquisição e, conforme aplicável, outros itens especiais. A quantidade de itens relacionados à folha de pagamento do empregador nas transações com funcionários depende de nosso preço das ações e de outros fatores que estão além do nosso controle e não se correlacionam com a operação dos negócios. Ao avaliar o desempenho de nossos negócios e elaborar planos operacionais, não consideramos esses itens (por exemplo, ao considerar o impacto das concessões de prêmios de capital, enfatizamos mais a diluição geral dos acionistas, em vez dos encargos contábeis associados a essas concessões). Acreditamos que é útil excluir essas despesas para entender melhor o desempenho de longo prazo de nosso negócio principal e facilitar a comparação de nossos resultados com os de empresas pares e por vários períodos.

Fluxos de caixa livres: definimos fluxo de caixa livre como caixa líquido fornecido pelas atividades operacionais, menos compras de bens e equipamentos. Acreditamos que o fluxo de caixa livre é uma importante medida de liquidez do caixa (se houver) disponível após compras de bens e equipamentos, para despesas operacionais, investimentos em nossos negócios e aquisições. O fluxo de caixa livre é útil para os investidores como uma medida de liquidez, porque mede nossa capacidade de gerar ou usar caixa além de nossos investimentos de capital em ativos imobilizados. Uma vez que nossas necessidades e obrigações de negócios sejam atendidas, o dinheiro poderá ser usado para manter um forte balanço patrimonial e investir em crescimento futuro.

Faturamento: definimos o faturamento como receita total mais a alteração em nossos passivos contratuais e passivos de reembolso menos ativos contratuais e contas a receber não faturadas em um determinado período. O faturamento reflete as vendas para novos clientes, além de renovações de assinaturas e vendas adicionais para clientes existentes. Somente os valores faturados a um cliente em um determinado período são incluídos no faturamento. Acreditamos que o faturamento é uma métrica essencial para medir nosso desempenho periódico. Como a maioria de nossos clientes paga em parcelas anuais com um ano de antecedência, mas geralmente reconhecemos a maioria da receita relacionada de forma proporcional ao longo do tempo, usamos o faturamento para medir e monitorar nossa capacidade de fornecer a nossos negócios o capital de giro gerado por pagamentos antecipados dos nossos clientes.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com