Negócios em Foco

Esse vai ser o ano para as inovações em Blockchain e Criptoativos, afirma especialista


São Paulo 29/05/2019 11h14

Após o frenesi gerado pelas criptomoedas no ano passado, desenvolvimento de projetos em Blockchain atinge maturidade e apresenta um futuro sólido e promissor, conforme Rudá Pellini.

Unsplash

Depois de um ano de uma das maiores quedas do Bitcoin e de um longo período de bear market, especialistas indicam um reaquecimento e amadurecimento do mercado e o que pode ser um novo marco para o universo dos ativos digitais.

Após fechar o ano de 2017 com uma alta de 1.751% chegando a valer US$20.000, os bitcoins assustaram com uma queda sequencial de cerca de 84% em 2018, chegando a ser negociado a US$ 3.130 em dezembro de 2018, gerando especulações sobre o futuro do ativo; o fato, na verdade, acabou servindo para demonstrar que não há espaço ao amadorismo e a necessidade de sangue frio para as operações.

Alguns movimentos ocorridos em 2018 por grandes players da indústria, entretanto, indicam o caminho que o mercado de criptoativos e blockchain encontram-se no seu melhor momento, como aponta o especialista e sócio da gestora de investimentos americana Wise&Trust, Rudá Pellini.

"Somente em 2018, fundos de investimento, bancos e grandes companhias investiram bilhões de dólares na criação de plataformas, tecnologia e novas plantas para desenvolvimento de chips de mineração, apontando um CAGR - taxa de crescimento - de 74% para esta indústria nos próximos 3 anos. O mercado está amadurecendo e a profissionalização é comprovada no momento em que os fabricantes tradicionais estão aderindo à produção de suprimentos para essa tecnologia", explicou.

Pellini também destaca a entrada no mercado de criptomoedas pelos sócios da XP Investimentos, com o lançamento da XDEX, uma corretora que permite a compra e venda dos criptoativos. A XP que recentemente teve 49.9% de suas ações adquiridas pelo Itaú Unibanco, é a maior corretora de varejo do país, criada em 2001, e responsável pelo conceito de "desbancarizar" as relações, oferecendo investimentos com rendimentos maiores que os bancos.

"No âmbito internacional, temos ainda a ICE - Intercontinental Exchange -, uma das gigantes do mercado financeiro e controladora da bolsa de Nova York - NYSE -, anunciando a criação da Bakkt, uma corretora de criptoativos e futuros", lembrou, com lançamento programado para a metade de 2019.

Blockchain é a tecnologia que permite um grande avanço no sentido de rastreabilidade e autenticidade de informações e documentos e está impactando diversos mercados e setores. As previsões, segundo as maiores consultorias do mundo, é de que essa tecnologia adicione mais de 3 trilhões de dólares em valor até 2030.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com