Negócios em Foco

Uso de microgateway confere agilidade e simplifica estratégia de APIs


São Paulo 03/12/2019 15h21

Solução da WSO2 une API Management e API Gateway, possibilitando o gerenciamento de APIs em ambiente de microsserviços e contêineres.

DINO

Gerenciamento de APIs em ambiente de microsserviços e contêineres é o foco da solução API Microgateway, da WSO2 - empresa de destaque no cenário global em integração open source, detentora de plataforma híbrida open source e metodologia de transformação ágil -, que contribui para acelerar e/ou simplificar a estratégia de APIs com contêineres, contribuindo para a gestão da jornada de transformação digital ou modernização tecnológica.

Fábio Gonçalves, engenheiro de Soluções da WSO2, comenta que o API Microgateway, além de suportar a estratégia de APIs de uma empresa, "simplifica os processos de criação e de implantação de APIs sem abandonar a segurança e o gerenciamento em arquitetura de microsserviços". A consequência direta, segundo Fábio, envolve ganhos em agilidade para os times envolvidos com os projetos, permitindo a exposição de APIs e a automatização do processo de integração e implantação contínua.

Com a solução da WSO2, API Management se une ao API Gateway com foco em microsserviços. Enquanto o API Management permite que todas as APIs sejam expostas em um gateway central, com padrão de acesso definido e gerenciando todo o ciclo de vida das APIs; o API Gateway pode rodar próximo a sua aplicação para minimizar latência; rastrear versões e reverter para versões anteriores; e operar como uma aplicação nativa para nuvem.

Além disso, a API Management facilita a criação e a publicação de APIS de desenvolvedores e de parceiros; contribuição no gerenciamento do ciclo de vida de APIs e favorece que as APIs sejam encontradas, testadas e utilizadas, proporcionando confiabilidade, alta disponibilidade e compatibilidade com versões anteriores para APIs, entre outros benefícios, tais como independência para diferentes deployments, integração com service registry, configurações distribuídas e tolerante a falhas.

O engenheiro de Soluções da WSO2 também ressalta que o microgateway é um API gateway especializado para arquiteturas de microsserviço, desenvolvido especificamente para a aplicação cloud native, sendo, por isso mesmo, de tamanho pequeno para facilitar a distribuição, de baixo consumo de recursos e de inicialização rápida (menos de 1 segundo).

"Fácil de implantar e de gerenciar em orquestração de contêineres, em cloud native, o Microgateway da WSO2 é robusto e imutável, não sendo afetado por alterações no ambiente, sua implantação é automatizada em CI / CD e tem arquitetura distribuída, ao mesmo tempo que pode ter gerenciamento centralizado de API", relata Fábio Gonçalves, explicando que a simplicidade da solução tem relação com o fato de ser baseado na definição OpenAPI, e recursos como validação de esquema de request / response, usar políticas de limitação de uso de API / recurso (Taxa de limite) e descoberta de serviço, transformações dinâmicas (Interceptação), configuração de Endpoint por Recurso, autenticação Mutual SSL, suporte HTTP2, totens JWT autoassinados e CORS, permitindo implantar segurança de back-end e facilitar a estratégia de APIs.

A WSO2 é a maior plataforma de integração open source do mundo e vem ajudando várias organizações digitais a darem o próximo passo para a integração ágil. A plataforma abrangente de código aberto e a metodologia de transformação ágil são diferenciais atrativos aos clientes. A solução híbrida da WSO2 permite desenvolver, reutilizar, executar e administrar integrações, oferecendo solução sem lockin que pode ser executada on-premises ou na nuvem. Hoje, 100 das marcas líderes e mais de 1.000 projetos globais utilizam tecnologias WSO2 na execução de 5 bilhões de transações anuais.



Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com