Negócios em Foco

Etapa de Diamantino (MT) provoca mudanças nas primeiras colocações parciais dos campeonatos do Circuito Nelore Fêmeas


São Paulo 06/08/2020 10h39

A etapa do Circuito Nelore de Qualidade, realizada na unidade da Friboi na cidade de Diamantino (MT), mostrou a qualidade dos animais Nelore produzidos pelos pecuaristas da região. Foram 1.004 animais avaliados, e a grande maioria de machos e fêmeas jovens, pesados e com bom acabamento. O Circuito Nelore é promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), conjuntamente com suas associações regionais conveniadas, e conta com o apoio da Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

Foram 701 machos avaliados, dos quais 73,2% com até dois dentes incisivos permanentes (em torno de dois anos de idade), sendo 45% dos animais com dentição de leite (cerca de 18 meses). Em relação ao peso, 98,2% dos animais registraram mais de 18 arrobas, com uma média de 21,5 arrobas e ainda com 63% dos animais com cobertura de gordura mediana.

Ao término das avaliações o Melhor Lote de Carcaças de Machos, conquistando a Medalha de Ouro, foi para a Fazenda São Marcelo – Fazenda Mathovy (Tangará da Serra). Com este resultado, a propriedade assumiu a liderança parcial do Campeonato Nacional de Melhor Lote de Carcaças de Machos.

“Nós havíamos vencido uma etapa no ano passado e percebemos o quanto está acirrada a disputa neste ano. Isso mostra o tamanho da evolução da raça Nelore, principalmente quando o trabalho é feito para se obter um resultado rápido, com foco em precocidade. Acredito que o caminho ideal para o pecuarista é investir no abate de animais mais jovens”, declara Antonio Leone Fularnetto, diretor da Fazenda São Marcelo.

A Medalha de Prata para o Melhor Lote de Carcaças de Machos foi para Eleonor Ogliari, da Fazenda Cruzeiro do Sul (Tangará da Serra). Já o bronze ficou com a pecuarista Denise Conceição Zottis Boscoli, da Fazenda Bragança (Lucas do Rio Verde).

Entre as fêmeas, dos 303 animais avaliados, 74,5% apresentaram até dois dentes incisivos permanentes (em torno de dois anos de idade), sendo 39% dos animais com dentição de leite (cerca de 18 meses). No peso, 86,5% dos animais tinham mais de 14 arrobas, enquanto a média observada na etapa foi de 15,6 arrobas. Por fim, 86% dos animais apresentaram cobertura de gordura mediana ou uniforme.

Em Diamantino, o Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas, conquistando a Medalha de Ouro, foi de Nédio José Fonini, da Fazenda São José (Tapurah). Com este resultado, o pecuarista assumiu a segunda colocação no resultado parcial do Campeonato Nacional de Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas. A Medalha de Prata foi para Rafael Gustinelli Danelon, da Fazenda Nossa Senhora Auxiliadora Real (Sorriso) e o bronze ficou com Eleonor Ogliari, da Fazenda Vilar (Santo Afonso).

A nona etapa do Circuito Nelore também trouxe mudanças na classificação parcial do Campeonato Nacional de Melhor Compra de Boi. A equipe de Originação da Friboi em Diamantino assumiu a liderança desta categoria após a avaliação dos animais.

Circuito Nelore de Qualidade

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovido desde 1999, o Circuito conta com apoio da Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal, e cresce a cada ano. Em 2020, estão previstas a realização de 40 etapas em 11 estados. Até o fim do ano, 25 mil animais devem ser avaliados, consolidando o Circuito Nacional de Qualidade como o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.

Mais informações: www.nelore.org.br/circuitonelore

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com