Negócios em Foco

Protocolo americano permite mulheres elevarem os braços no mesmo dia em que colocam Implante de Silicone


Sao Paulo-SP 02/03/2020 10h15

Técnica desenvolvida nos Estados Unidos permite o retorno à rotina básica no dia seguinte ao procedimento: hábitos como dirigir, elevar o limite de 15kgs e retornar ao trabalho de escritório em 24hrs.

Getty Images

A última pesquisa da ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética) revela que são realizadas cerca de 220 mil mamoplastias de aumento (aumento de mama com implantes de silicone) no país.

Diante do aumento crescente no número de procedimentos e da pluralidade de clínicas e profissionais que realizam, é preciso se atentar à segurança. Um dos fatores que mais preocupa as pessoas que buscam aumentar as mamas é o medo da anestesia e a recuperação da cirurgia.

As próteses mamárias de silicone são utilizadas há mais de 50 anos e têm se tornado cada vez mais seguras e resistentes. Elas têm a finalidade de proporcionar melhor contorno e firmeza às mamas, além de melhor simetria ao corpo. São compostas de uma cápsula externa e gel interno de silicone.

Uma técnica que nos chamou atenção recentemente e que está em ascensão no Brasil é a chamada Fast Track 24Hr Recovery, um tipo de recuperação acelerada para quem busca esse tipo de cirurgia. Se antes era necessária uma longa recuperação, com drenos, faixas, trocas diárias de curativos e proibição de elevar os braços durante 20 a 30 dias, agora, após um estudo americano, esse cenário está mudando rapidamente e promete liberar a paciente para elevar os braços no mesmo dia da cirurgia.

Em 2002 o cirurgião plástico americano John Tebbets publicou uma série de artigos na revista científica mais respeitada do mundo da plástica: Plastic and Reconstructive Surgery Journal. Nesses artigos ele descreve um protocolo que muda a experiência das pacientes submetidas à cirurgia de aumento mamário. O médico relatou que 96% (noventa e seis por cento) das mulheres foram capazes de retornar às suas atividades de rotina após 24 (vinte e quatro) horas da cirurgia.

"As primeiras 08 (oito) horas de pós-operatório são fundamentais. Além do rigor técnico durante o procedimento é fundamental a adesão completa ao protocolo do Dr Tebbetts e isso que irá determinar se o paciente conseguirá se recuperar em 24hrs, não há truques", é o que fala o Dr Thiago Cavalcanti, Cirurgião Plástico que executa essa técnica há 8 anos, mas ressalta que o processo de cicatrização é de uma cirurgia sim, mas a intenção do protocolo é que a pessoa sofra menos com a recuperação do implante colocado abaixo do músculo.

O Dr. Allan Filgueira já realizava muitas cirurgias de aumento mamário quando ouviu falar pela primeira vez do "Fast Track Recovery" - "Eu sempre tive muitas pacientes que adiavam o sonho de fazer aumento mamário porque não teriam tempo hábil para a recuperação. Especialmente profissionais liberais. Eu também tinha dificuldade em indicar o aumento mamário submuscular (dual plane), pois frequentemente minhas pacientes sentiam mais dor com essa técnica. Quando li sobre o "fast track", percebi que poderia melhorar minha prática de cirurgia mamária. Foi quando decidi procurar o Dr. Thiago Cavalcanti para aprender a técnica" - disse o Dr. Allan. Já fazem mais de 2 anos que ele realiza o protocolo do Dr. Tebbetts e não se arrepende da decisão. Segundo ele, realizar o protocolo à risca exige mais trabalho, mais comprometimento e sobretudo mais tempo gasto com a educação da paciente acerca do processo, porém ambos ganham com isso: o cirurgião, que se vê obrigado a exercer uma prática de excelência e especialmente a paciente, que terá uma recuperação mais rápida, segura e com menos dor.

Todo o protocolo visa permitir que os pacientes tenham alta algumas horas após a realização da cirurgia, bem como consigam realizar suas tarefas do cotidiano, e possuam plena independência para poder pegar bebês até 15 Kg, vestir-se, escovar os cabelos, maquiar-se e dirigir carro já no dia seguinte, sem esquecer em momento algum do bom resultado a longo prazo. A única limitação é de 15 (quinze) dias para atividades aeróbicas e 21 dias para elevar pesos acima de 15kg.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com