Negócios em Foco

A democratização dos dados pela tecnologia da informação


São Paulo 09/10/2020 12h20

Para a criação de uma cultura de tomada de decisão respaldada pela segurança de ferramentas tecnológicas, é essencial que os profissionais contem com o apoio de dados relevantes

Não há dúvidas de que a presença tecnológica no cotidiano operacional das empresas abre espaço para o desenvolvimento de novos métodos de trabalho, sempre com o objetivo de simplificar processos e desenvolver uma nova perspectiva estratégica para os colaboradores. Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Gartner, somente no último ano, os gastos mundiais com Tecnologia da Informação chegaram a cerca de US$ 3,7 trilhões.

Além de gastar com TI, para que essa melhoria seja sentida, de fato, no dia a dia das organizações, uma medida crucial é dar a devida importância ao papel dos dados e ao uso inteligente das soluções, levando assim, à potencialização das habilidades analíticas da companhia. Para conseguir isso, a implementação tecnológica deve considerar a participação humana como fio condutor para a geração de oportunidades reais, visto que os profissionais são os grandes protagonistas de qualquer transformação no ecossistema corporativo.

Construir um ambiente de TI, preparado para integrar todas as informações disponíveis, é um sinal claro de que a empresa está preocupada em oferecer meios de potencializar o desempenho de suas equipes e, por consequência, o crescimento de seu negócio.

Influência dos dados na geração de insights

Quando observamos a transformação digital impulsionada nos últimos anos, afirmamos que os dados exercem um protagonismo inegável acerca das mudanças, na medida em que se mostra uma ferramenta produtiva e favorável à obtenção de diferenciais competitivos. Seguindo esse pensamento, a mudança não é exclusivamente processual, de modo que ignorar a figura humana e sua influência nessa transição ao digital é um erro que os gestores cometem ao enxergar a inovação somente por uma dimensão.

Contar com uma mentalidade inovadora e com uma cultura organizacional suficientemente madura para receber a tecnologia e aplicá-la em suas operações, faz com que as equipes tenham predisposição para valorizar os insights gerados pelos dados. Quanto maior for a receptividade do time aos potenciais ganhos obtidos pela análise dos dados, potencialmente melhores serão os resultados alcançados.

Com a digitalização de procedimentos manuais, que reduz os esforços diários, os profissionais passam a ter tempo para se dedicarem às atividades fundamentalmente estratégicas e criativas. Dessa forma, além de tornar acessível a transformação de informações em insights valiosos, a valorização humana também é realçada, garantindo eficiência e produtividade para toda a companhia.

O impacto sobre a dimensão financeira dos negócios

O uso inteligente dos dados pode ajudar os departamentos financeiros das companhias. Os dados proporcionam uma visão abrangente dos fatores essenciais do negócio, impedindo que a inovação não se limite à simples presença da tecnologia. Torná-los acessíveis aos profissionais e transformá-los em insights consistentes, é o primeiro passo para firmar um compromisso estratégico para o negócio.

Finalizo esse artigo com uma frase atribuída a William Edwards Deming, estatístico, que faz todo sentido com o tema e deve ser aplicada principalmente à esfera corporativa: “Sem os dados, você é apenas uma pessoa com uma opinião”. Está na hora de utilizar os dados para promover o futuro de nossas empresas!

*Luiz Bono é CTO na Receiv, plataforma inteligente de contas a receber. Doutor em Administração de TI pela FGV, e professor em cursos de graduação de TI e educação executiva.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com