Negócios em Foco

O papel da IA na eficiência operacional das empresas


São Paulo 15/10/2020 16h44

A otimização de um ambiente de TI vai de encontro ao surgimento da Inteligência Artificial e de soluções adaptáveis como agentes de estabilidade de processos e operações rotineiras

Os benefícios de um departamento de TI bem estruturado são reconhecidamente positivos para empresas que desejam ingressar na era digital e inserir tendências inovadoras no cotidiano de trabalho. No entanto, a presença da tecnologia não é o único fator a se considerar quanto à melhoria de processos e a criação de uma cultura interna voltada para a redução de custos. Para elevar a produtividade e diminuir gastos com situações evitáveis, o gestor precisa empregar uma visão estratégica relacionada a serviços específicos.

Dentro dessa possibilidade, o outsourcing de TI, com o suporte da Inteligência Artificial (IA) e sua assertividade técnica, oferece uma ampla contribuição para que a companhia tenha a maturidade necessária para implementar mudanças que provoquem os efeitos desejados a longo prazo. Enquanto a máquina transforma operações e proporciona vantagens decisivas para o crescimento do negócio, é missão do gestor garantir que a participação humana caminhe em harmonia com essa reformulação processual.

Estabilidade técnica da IA em prol da redução de custos

A busca por uma contenção efetiva de custos é um objetivo comum entre qualquer organização. Se a finalidade é bastante clara, por outro lado, os meios para se atingi-la caminham de mãos dadas a uma concepção inovadora sobre o real impacto da tecnologia no ambiente empresarial. Ao escolher a contratação de serviços terceirizados, por meio do suporte de profissionais respaldados pelos ganhos técnicos da IA, a empresa contratante favorece à adesão da transformação digital em sua cultura organizacional de forma gradual e produtiva.

Nesse sentido, a Inteligência Artificial, através de um sistema assertivo de resolução de problemas, diminui o tempo de estagnação do usuário, agilizando o atendimento e proporcionando um controle efetivo sobre a integridade dos equipamentos. Com essa minimização de obstáculos rotineiros resultante da proatividade natural à tecnologia, o volume de erros críticos será muito menor, exigindo cada vez menos esforços de manutenção e reparo por parte das equipes. Em decorrência desses fatores, o gestor poderá observar uma queda considerável na taxa de custos e no tempo hábil redirecionado para sanar questões secundárias.

Soluções adaptáveis para acompanhar necessidades da empresa

Em outros tempos, seria comum se deparar com aquela noção de que a tecnologia é um componente inalcançável para empresas de porte menor, sendo uma realidade comum apenas às grandes companhias. Com o passar dos anos, esse pensamento tem sido desmistificado na prática, enquanto a máquina auxilia organizações menores a potencializar seus resultados e obter a tão desejada expansão mercadológica. O fato é que existem alternativas capazes de corresponder às necessidades particulares de cada um e a Inteligência Artificial ilustra esse trunfo por trás da adaptabilidade.

Sempre sob a mentalidade de se considerar o serviço além dos equipamentos, o outsourcing de TI trabalha com a proposta de colocar a empresa em plena sintonia com as últimas tecnologias do mercado, mantendo a mesma em atualização constante em relação às novidades de um segmento em evolução.

A otimização de processos e a relação com a produtividade

Discutir a abrangência da IA sobre o dia a dia operacional é uma tarefa complexa, dada à extensão das mudanças provocadas por essa movimentação interna. Em termos gerais, o embasamento técnico característico da Inteligência Artificial tem como propósito máximo simplificar etapas de trabalho e assumir a responsabilidade sobre procedimentos repetitivos e de pouco teor estratégico. De modo personalizado, a entrega de serviços com a tecnologia prioriza a criação de processos otimizados, com muito mais controle e eficiência.

Os maiores beneficiados dessa iniciativa são os próprios profissionais. Com a tranquilidade para exercer funções altamente estratégicas, sem a necessidade de se concentrar esforços em atividades exaustivas, os colaboradores encontrarão um espaço propício à exploração de suas maiores aptidões. O resultado é um aumento bem-vindo na produtividade e o engajamento das equipes que encontrarão na tecnologia uma aliada operacional inquestionável.

Por fim, volto a enfatizar a dimensão das melhorias propostas pela IA. A estruturação da área de TI, independentemente do tamanho da empresa que decidiu seguir por esse caminho inovador, precisa se apoiar em soluções capazes de assegurar a integridade dos equipamentos, bem como dos serviços adquiridos com o outsourcing.

*Andrea Rivetti é CEO da Arklok.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com