Negócios em Foco

Teleconsulta é aliada para avaliação precoce dos sintomas da Covid-19


Joinville 30/06/2020 16h12

Durante a pandemia, o Sistema Hapvida reforça a importância do atendimento on-line no conforto de casa. Ao todo mais de 40 mil consultas por telemedicina já foram realizadas

Febre, diarreia, dores de cabeça, coriza, tosse seca ou falta de ar merecem, sim, atenção e de forma rápida. Para isso, o Sistema Hapvida oferece o serviço de teleconsulta para pacientes com sintomas do novo coronavírus e de urgência simples. Afinal, o diagnóstico precoce pode ajudar na recuperação rápida de doenças como a Covid-19. Em todo o Sistema já foram realizadas, desde abril, mais de 40 mil consultas, para pacientes das cinco regiões do Brasil.

A ideia, como explica José Luciano Monteiro Cunha, diretor corporativo de Telemedicina do Sistema Hapvida, é promover mais conforto e segurança ao beneficiário, que pode ter acesso, no conforto de casa, à consulta médica, avaliação de sintomas e, se necessário, receita médica e atestado. Inclusive, podem ser realizadas novas consultas para o acompanhamento da evolução do paciente. “Quando os sintomas são muitos graves, as pessoas devem buscar uma unidade hospitalar, caso contrário, por meio da teleconsulta, o médico vai avaliar o paciente e solicitar, se preciso, que vá até uma unidade para um tratamento mais específico. Isso evita a ida desnecessária a uma emergência quando apresentam sintomas leves que podem ser tratados em casa”, enfatiza.

Vale reforçar, ainda, que a recomendação do Ministério da Saúde é só ir ao hospital ou pronto atendimento em casos de urgência para evitar contágio com outras doenças. É importante lembrar que a Covid-19 pode causar sintomas que não são necessariamente gripais, como diarreia, dor de barriga, dor óssea e articular. “Dois sintomas que são muito associadas à Covid-19 é a perda do olfato e paladar, tornando muito característico e aumentando a suspeita da presença do coronavírus”, aponta o médico infectologista do Hapvida, Fernando Chagas. Outro sintoma que é tido como oculto para coronavírus, ocorre na pele. “Isso é o que chamamos de exantema, que são manchas que se espalham pela pele e se assemelha as manchas da dengue, podendo vir a gerar coceira, mas de um modo geral, não coça e não é um sintoma tão comum. É só um sintoma a mais que pode ser desenvolvido ou não”, destaca o infectologista.

Para o paciente ter acesso ao serviço oferecido pelo Sistema Hapvida, tanto para teleconsulta de urgência simples como de Covid-19, basta acessar o site das operadoras Hapvida, Grupo São Francisco, América, RN Saúde, Promed e Ame. O serviço funciona todos os dias, 24 horas.

O serviço de teleconsulta do Sistema Hapvida, foi desenvolvido pelas equipes internas da empresa, como Inovação, TI e Diretoria de Gestão Empresarial (DGE), além da Maida.health, holding de tecnologia do sistema Hapvida, para acompanhar a saúde dos clientes e, junto com a população, combater o novo coronavírus. De acordo com o Gerente de Produtos da Maida.health, Luiz Gonzaga, a teleconsulta sempre foi uma aposta da empresa, que após a regulamentação do Ministério da Saúde se tornou possível. “Aliamos a tecnologia de mercado ao nosso time de médicos e gestores para oferecer uma plataforma completa, ou seja, teleconsulta direta, com suporte a prontuário, seguimento multiprofissional, prescrição validada por certificados digitais, médicos treinados e acompanhados, indicadores de performance etc. O objetivo aqui é entregar de forma digital a mesma experiência que você tem em uma consulta real, não apenas a conversa com o médico”, explica.

Aprovação de clientes à teleconsulta Covid-19

Uma pesquisa realizada pelo Sistema Hapvida e Maida.health, entre os dias 5 e 15 de junho, apontou uma alta taxa de aprovação dos seus beneficiários com relação à teleconsulta para o atendimento em casos de suspeita de Covid-19. Ao todo, 3.563 pacientes participaram da pesquisa que avaliou cinco quesitos do atendimento à distância: profissional de saúde (atenção, acolhimento, conhecimento e cuidado), tempo de espera (agendamento e atendimento), videochamada (acesso, qualidade e velocidade), receita digital (disponibilidade) e usabilidade (facilidade de uso).

A escala de satisfação utilizada foi o método 5 estrelas. A maioria dos ouvidos, 75,39%, qualificou os quesitos com 4 ou 5 estrelas nas categorias avaliadas. “Isso prova que a estratégia que adotamos em investir em tecnologia para o enfrentamento da pandemia deixará um legado importante para a medicina à distância. Evitamos o deslocamento desnecessário dos pacientes, dando todo o suporte necessário para o tratamento adequado em casa, assistido e orientado por nossos profissionais”, afirma José Luciano Monteiro Cunha, diretor corporativo de telemedicina do Sistema Hapvida A disponibilização da receita médica digital é um dos diferenciais que facilitou o acesso dos beneficiários aos medicamentos prescritos pelos médicos.

A avaliação do corpo médico dedicado à plataforma de teleconsulta também foi bastante elogiado. 55% da nota máxima foi destinada à qualidade do acolhimento, atenção, cuidado e conhecimento dos profissionais de saúde da linha de frente. Até o momento, o Sistema Hapvida já realizou mais de 40 mil atendimentos desde que a teleconsulta foi implantada, em abril, exclusivamente para atendimentos à Covid-19.

O atendimento 5 Estrelas só cresce. Hoje, o serviço totaliza mais de 7,4 milhões de avaliações realizadas pelos clientes. A plataforma foi lançada em abril de 2019.

A teleconsulta por vídeo, criada pelo Sistema Hapvida junto com a Maida.health, empresa do mesmo grupo, foi uma forma encontrada pela operadora para dar suporte seguro aos beneficiários, sem exigir a presença física nos pronto atendimentos e consultórios nesse momento de combate ao coronavírus. Por meio de inteligência própria em telemedicina, a Maida.health foi a primeira empresa brasileira a realizar regulação médica por Inteligência Artificial em medicina de grupo, o fato aconteceu em janeiro de 2020, em parceria com o Ministério da Saúde para auxiliar no diagnóstico de Covid-19 por meio da triagem dos casos de pacientes suspeitos a partir de exames de imagens de raio-x e tomografia computadorizada de tórax.

De acordo com o Gerente de Produtos da Maida.health, Luiz Gonzaga, a avaliação positiva aponta para uma estratégia eficiente adotada pela empresa. “Essa avaliação positiva é a principal evidência que estamos no caminho certo. Já tivemos outros números positivos, como número de consultas, número de no-show ou resolutividade da teleconsulta. Mas a avaliação do paciente é, de longe, o número mais importante. Dada nossa estratégia, nada faz sentido sem essa evidência. Ela representa, praticamente sozinha, o sucesso do que a gente se propôs a fazer há 3 meses atrás. Hoje sabemos que não são só 40.000 teleconsultas realizadas. Elas foram concluídas com o paciente altamente satisfeito”, explica.

Sobre o Sistema Hapvida

Com 6,5 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, RN Saúde, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 39 hospitais, 194 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 177 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com