Negócios em Foco

Conheça as fiscalizações possíveis para Veículos de Transporte


São Paulo - SP 05/11/2020 11h39

A área de transporte de veículos e cargas está inserida no meio logístico, porém em uma categoria que necessita atribuições próprias. Por isso, há métodos básicos empregados nas frotas e outros mais específicos, que auxiliam em autorizações, controle do tráfego e fiscalização.

Além da fiscalização básica de equipamentos obrigatórios para esses veículos, como por exemplo, faixas reflexivas, iluminação e pneus, ainda são necessárias outras análises, que são as do Equipamento Registrador Instantâneo Inalterável da Velocidade de Tempo, a Fiscalização por Balança e a Alcoometria.

Esses métodos obrigatórios são exigidos para que seja possível manter a responsabilidade nas estradas, preservar um padrão em todos os veículos para que estejam de acordo com as regras federais e contribuir para a fluidez e conservação do trânsito e da vida de todos. Saiba mais a seguir sobre essas fiscalizações.

Fiscalização por Cronotacógrafo

Conhecido também como tacógrafo, esse equipamento é parte das obrigatoriedades para a utilização de veículos de transporte. Esse maquinário mede a velocidade e a distância que foram percorridas pelo caminhão, para que seja possível controlar esses aspectos.

O tacógrafo possui discos de papel carbonado que são marcados por agulhas que medem as informações de tempo e distância, e podem ser encontrados em modelos analógicos e digitais.

Ele é obrigatório para veículos a partir de 9 passageiros e está previsto no Código de Trânsito Brasileiro. Então, ao ser detectado irregular, uma infração será registrada em nome do responsável pelo caminhão. As infrações em relação a esse equipamento são diversas, e são elas:

∙ Falta de disco no modelo analógico ou fita de papel no modelo digital ∙ Falha no registro de informações

∙ Más condições de uso e defeitos

∙ Informações indisponíveis de distância e tempo de viagem nas últimas 24 horas ∙ Falta de registro pelo INMETRO

∙ Quando está sem calibração, selo ou lacre

Essa multa relacionada a má utilização de um equipamento obrigatório e que é de total responsabilidade do dono do veículo é classificada como GRAVE, e pode chegar até R$200,00.

Fiscalização por balança e excesso de peso

Um dos métodos de avaliação mais conhecido no meio do transporte de cargas e veículos, a balança evita com que os caminhões carreguem carga excessiva, pois esse fato pode sobrecarregar o veículo, causando problemas durante a rota.

Os veículos com excesso de carga não só prejudicam a carroceria e o equilíbrio do caminhão, mas podem danificar a pavimentação das estradas e causar diversos acidentes.

Essa fiscalização é obrigatória a partir de veículos que carregam acima de 10 passageiros ou cargueiros que suportam um peso bruto superior a 4.500 quilos.

A multa pode ser gerada quando o excesso de carga se torna prejudicial e quando o motorista evade da balança, quando ela ainda está em funcionamento ou quando abandona a fiscalização sem receber a liberação das autoridades.

A multa varia entre os pesos das cargas e as causas das infrações, mas pode chegar em até R$5.000,00 e alguns pontos na carteira.

Fiscalização por Alcoometria

Por fim, a fiscalização por Alcoometria, ou mais conhecida como bafômetro, é feita para detectar condutores que estão sob efeitos de álcool. Quando solicitado, o teste é obrigatório, e contabiliza o nível de álcool no organismo do motorista, além de constar se ele realmente ingeriu bebidas alcoólicas recentemente ou não.

Dirigir alcoolizado é considerado infração gravíssima, leva à suspensão da CNH e a multa pode passar de R$2.000,00. Essa penalidade é alta e muito rígida, principalmente porque o motorista arrisca vidas e seu próprio trabalho, mesmo sabendo desta responsabilidade.

Mais segurança nas estradas

Todas essas medidas são necessárias para aumentar a segurança no trânsito e em todas as nossas estradas brasileiras. Então, para que seja possível fazer um trabalho correto e sem irregularidades, é necessário manter todos os equipamentos em dia, dividir as cargas com

todos os veículos das frotas e capacitar os condutores, para que possam ser sempre responsáveis. Assim, o trabalho é executado e a satisfação é garantida.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com