Negócios em Foco

O QUE É UMA REMESSA INTERNACIONAL?


São Paulo 03/05/2021 09h27

A Remessa Internacional é a transferência de dinheiro para o exterior, sendo que esta transação financeira pode ser feita tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas.

Essa é uma das operações mais utilizadas nas corretoras de câmbio para auxiliar quem precisa remeter montantes em moeda estrangeira com rapidez e segurança.

Neste artigo da Levycam Corretora de Câmbio, você vai entender o que é a remessa internacional, quando você pode fazê-la, além de cobranças de taxas e tudo o que envolve esse procedimento. Acompanhe!

COMO FAZER UMA REMESSA INTERNACIONAL

Existem diversas formas de realizar uma remessa internacional, de acordo com as suas necessidades. A primeira delas é por meio de instituições bancárias, que são autorizadas pelo Banco Central a efetuar tal operação.

Atualmente, existem muitos bancos que executam o procedimento com eficiência e segurança para quem contrata o serviço. No entanto, o ponto negativo são as taxas cobradas pelas instituições bancárias, que normalmente ficam acima da média.

Outra opção para enviar remessas ao exterior são as corretoras de câmbio – como é o caso da Levycam – que oferecem o serviço por taxas mais acessíveis e com a mesma segurança, eficiência e qualidade.

De todo modo, cabe pesquisar bem as taxas e condições e, claro, contar com a experiência de quem presta o serviço de remessa internacional. Assim, é possível evitar erros, problemas e contratempos na remessa.

REMESSA INTERNACIONAL POR MEIO DE UMA CORRETORA DE CÂMBIO

Se você pretende enviar dinheiro para o exterior por meio de uma corretora de câmbio como a Levycam, pesquise quais as corretoras que são autorizadas para tal finalidade.

Assim como os bancos, as corretoras de câmbio também necessitam de autorização do Banco Central para operar. Isso certamente vai oferecer mais tranquilidade e segurança no momento de realizar a transação comercial.

Então, ao procurar uma corretora de câmbio especializada, você só precisa apresentar alguns documentos e os especialistas darão andamento ao procedimento para você.

QUANTO TEMPO DEMORA UMA REMESSA INTERNACIONAL

Tanto na Remessa Internacional de dinheiro feita por meio da instituição bancária quanto na remessa por corretoras de câmbio, o dinheiro leva cerca de três a cinco dias úteis para cair na conta do beneficiário.

O tempo, sem dúvida, pode variar um pouco porque depende do valor da transferência, da moeda e do país de destino.

Portanto, quanto maior o valor transferido, maior o tempo de conferência do volume remetido e, consequentemente, maior o tempo para que o dinheiro seja disponibilizado na conta.

EXISTE LIMITE DE VALOR PARA FAZER UMA REMESSA INTERNACIONAL?

Essa é uma dúvida muito comum de quem vai remeter dinheiro ao exterior pela primeira vez. Sendo assim, se você pretende enviar dinheiro para os seguintes fins:

Pagamento de importação ou exportação

Doações

Pagamentos de cursos no exterior

Para reservas de hotéis

Manutenção de filhos e parentes no exterior

Aposentadorias e pensões

Pagamento de fretes internacionais

Pagamentos por Inscrição em congressos e eventos

Pagamento de Royalties

Ou para outras finalidades, saiba que não há restrição de limite para o montante. No entanto, se o valor ultrapassar a quantia de R$10.000 (dez mil reais), a transferência bancária ocorre com uma exigência: ela deverá ser feita da conta bancária da mesma pessoa que fechou o câmbio.

Caso você precise receber dinheiro vindo do exterior, não há limite, embora valores maiores do que R$10 mil não possam ser recebidos em espécie.

EXISTE TAXA PARA REMESSA INTERNACIONAL?

Conforme mencionado neste artigo, as despesas pela remessa podem variar bastante por conta das taxas cobradas e dos valores remetidos. Além disso, não é somente a taxa de câmbio que conta no valor final, uma vez que existem também outras taxas.

Veja algumas taxas que são cobradas:

Taxa de câmbio: é cobrada por praticamente todas as instituições, incluindo um spread sobre o câmbio comercial;

IOF: um imposto federal que incide sobre as transferências internacionais de dinheiro, com alíquota de 0,38% para transferências entre contas bancárias de titulares diferentes. Já para remessas entre contas de mesma titularidade, a taxa tem percentual de 1,1%;

Taxa SWIFT: taxa cobrada pelos bancos quando realizam envios e recebimentos de transferências internacionais;

Tarifa de envio: varia de acordo com as instituições e é cobrado pelo serviço de envio.

O QUE É PRECISO PARA FAZER A REMESSA INTERNACIONAL?

Essa operação é permitida para toda e qualquer pessoa ou empresa que precisa enviar dinheiro ao exterior, pelos mais diferentes motivos.

Além do dinheiro que você irá remeter, separe também documentos como RG e CPF. Em situações nas quais o valor remetido seja superior a R$ 50 mil, o remetente deve apresentar a declaração de Imposto de Renda (IR).

QUAL A VANTAGEM DE PROCURAR UMA CORRETORA DE CÂMBIO PARA ESSE TIPO DE OPERAÇÃO

Além de garantir que seu dinheiro será enviado sob orientação de profissionais especializados nesse trabalho, os custos de envio são reduzidos.

E, o mais importante, é que a remessa é efetuada de acordo com o enquadramento correto, respeitando a legislação cambial vigente no Brasil e, assim, prevenindo problemas fiscais no futuro.

Precisa fazer uma Remessa Internacional? Fale com a Levycam! Somos especialistas nesse serviço e garantimos o envio com a mais alta qualidade, segurança e sigilo.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com