Negócios em Foco

Estratégia e presença digital são segredos para vencer crise econômica e concorrência, diz Sabrina Nunes, CEO da Francisca Jóias


São Paulo 18/09/2020 13h16

Nunca se falou tanto sobre a importância do digital, tanto para o comércio quanto para os consumidores.

A pandemia de Covid-19 acelerou o uso de tecnologia para conquistar o mercado por empresas de todos os portes e segmentos, que podem aprender com os e-commerces pioneiros.

Entre as marcas que já estavam surfando na onda do e-commerce está a Francisca Joias, que desde 2012 comercializa semijoias e acessórios com design premium para todo o país.

Com produtos totalmente feitos pela empresa, a loja virtual faturou mais de R$ 8 milhões no ano passado, com quase 20 mil itens comercializados.

À frente do negócio está Sabrina Nunes, empreendedora que iniciou as vendas com apenas R$ 50 e aproveitou o mercado ascendente do e-commerce para traçar a estratégia que faria a empresa se destacar.

"Quem é um pequeno empreendedor e está dando os primeiros passos neste momento tão difícil deve observar a importância da internet e fortalecer a sua presença digital”, reflete a empreendedora, que dá outras dicas para vender mais e melhor pela Internet:

Investimento em marketing digital

Pioneira em utilizar estratégias de inbound marketing para a Francisca Joiais, Sabrina faz uma comparação “Ter uma loja online é como ter uma loja na rua mais movimentada do mundo, a internet”. Para ser notado pelos clientes, é preciso de divulgação.

A marca embarcou com tudo em estratégias de marketing digital, usando SEO, blog próprio, redes sociais, landing pages, e-mail marketing e ferramentas de vendas e análise para se consolidar entre o público-alvo e gerar leads de qualidade.

Experiência diferenciada

O relacionamento entre a marca e o consumidor é próximo e também ágil, pois o cliente é exigente e não dá oportunidade para amadorismo.

“Uma das principais estratégias é cuidar do cliente. Por mais que as vendas sejam feitas pela internet, procuramos quebrar a frieza do digital”, conta Sabrina.

A experiência positiva é importante também durante a parte física do processo. Na entrega, o consumidor recebe o produto em uma embalagem caprichada e aromatizada, complementando a experiência digital.

Força na Internet

“Muitos empresários não dão valor à sua presença digital ou associam a presença digital da marca apenas ao Instagram. Mas, esquecem que o instagram é apenas a vitrine da loja, e não o único canal de venda”, acredita a CEO da Francisca Joias.

É por isso que o fortalecimento da presença digital deve acontecer com a expansão para todas as plataformas em que o público-alvo marca presença, seja no WhatsApp, no Tik Tok ou outra. “Moda e internet têm em comum uma velocidade muito grande e se complementam”, analisa ela.

A marca também aposta em parcerias com influenciadores, tanto para a divulgação do e-commerce localmente quanto para a produção de peças com apelo ao público-alvo.

De olho na concorrência

Com cada vez mais pessoas conectadas, há mais oportunidades de vender e ganhar consumidores. Segundo o estudo "Perfil do E-commerce Brasileiro", feito por BigData Corp e PayPal, já existe quase 1 milhão de lojas virtuais no Brasil.

Essa concorrência obriga o mercado a deixar de ser amador. Portanto, se a empresa não se digitalizar, ela vai perder espaço na preferência dos clientes.

É essencial monitorar como anda a evolução dos concorrentes e selecionar seus benchmarks - ou seja, aquelas referências que podem inspirar a empresa a ser cada vez melhor.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com