Negócios em Foco

Luta contra a Violência à Mulher: data busca conscientizar população


BRASILIA 09/10/2020 18h39

Feminicídio cresceu durante a pandemia

Divulgação

Os números de feminicídio são cada vez mais preocupantes no Distrito Federal e no resto do país. Neste sábado (10), é comemorado o dia Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher. A data serve para conscientizar a população a respeito de uma triste estatística de desigualdade de gênero que se manifesta, principalmente, por meio da agressão física, moral, psicológica e patrimonial.

Na avaliação da advogada criminalista Hanna Gomes, é preciso que as vítimas de violência doméstica tenham acesso a políticas públicas de assistência psicológica e financeira. “Ainda, há o impacto na educação da prole, em casos de vítimas com filhos menores, onde verificamos uma estatística de reprovações ou déficit educacional em crianças provenientes de lares violentos. Os desdobramentos da violência contra a mulher são diversos e profundos, afetando toda a coletividade e, por essa razão, é um problema de todos”, ressalta.

O número de casos de feminicídio no Brasil cresceu 22% durante a pandemia, de acordo com dados levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. “É preciso que as polícias estejam treinadas e integradas para auxiliar toda mulher que corre risco. É dever do profissional de segurança acolher e identificar todo tipo de violência sofrida por elas. As taxas estão cada vez mais preocupantes”, afirma Leonardo Sant’Anna, especialista em segurança pública e privada.

A advogada Hanna Gomes também faz um alerta para as mulheres que encontrarem dificuldade de atendimento nas delegacias. “Nenhuma denúncia é em vão. Quando a mulher encontrar qualquer tipo de resistência das autoridades e registrar a sua queixa ou o seu boletim de ocorrência, deve-se encaminhar diretamente à Defensoria Pública ou ao Ministério Público da sua cidade, ou ainda, procurar um advogado especialista”, conclui.

O primeiro semestre de 2020 teve aumento no número de mulheres vítimas de violência doméstica no Brasil, se comparar com o mesmo período do ano passado. De acordo com levantamento do ‘Monitor da Violência’, as principais vítimas de feminicídio são mulheres negras.

Origem

O Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher é comemorado em 10 de outubro para relembrar o ano de 1980, quando manifestantes se reuniram na frente do Teatro Municipal de São Paulo em protesto contra o então índice crescente de crimes contra mulheres em todo o Brasil.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com