Negócios em Foco

Franquias apostam em Minas Gerais


Rio de Janeiro 06/08/2021 21h57

Estado está entre os que menos sentiram os impactos da pandemia e entra na rota de novos investimentos

Izabelly e Etevaldo Miranda, fundadores da rede Cuidare - Divulgação

Mesmo em meio às crises econômica e sanitária agravadas pela pandemia de Covid-19, Minas Gerais é um dos cinco estados que menos sentiu seus impactos, segundo estudo da Firjan que mapeou, desde março do ano passado, os setores industrial, de comércio e de serviços em 14 estados brasileiros. De olho nesse potencial, o estado entrou na rota principal do plano de expansão de diversas franquias, em especial, aquelas que ainda não estão ou que querem ampliar sua atuação no mercado mineiro.

Segundo Renato Claro, renomado especialista em negócios e franquias da Kick Off Consultores e membro da ABF (Associação Brasileira de Franchising), agora é um bom momento para investir no estado. “Crises historicamente favorecem o franchising no Brasil e no mundo. Na desestruturação dos mercados tradicionais, surgem como que automaticamente oportunidades de negócios para pequenas e médias empresas. Nessa hora, considerando a baixa formação dos cidadãos brasileiros para o empreendedorismo, abrir uma franquia significa capacitar-se enquanto se empreende e, ao mesmo tempo, oferecer produtos e serviços co m mais qualidade, pois a experiência da marca ajuda o novo empresário a desenvolver sua curva de aprendizagem muito mais rápido e com menos riscos”, analisa.

Algumas franquias souberam muito bem aproveitar esse momento de perspectivas e visam expandir suas unidades para o estado. Na área da saúde e serviços, a Cuidare busca franqueados especialmente em Belo Horizonte, além do interior. A franquia, referência em cuidadores de pessoas, foi fundada pelo casal potiguar Izabelly e Etevaldo Miranda em 2016 e hoje já é uma das maiores do segmento no país, com mais de 70 unidades em 22 estados brasileiros e no exterior, com uma operação em Lisboa, Portugal.

Nanofranquia de publicidade em saco de pão criada em 2016, a Paper Pão conta com 32 franquias espalhadas pelo país. O franqueado lucra com a venda dos espaços publicitários, que são do tamanho aproximado a de um cartão de visitas. Cada saquinho pode conter até 32 anunciantes. Os anúncios são veiculados por tiragem (a partir de 10 mil exemplares cada). O investimento inicial para a aquisição do negócio é de R$ 5,2 mil.

Já a sul-mato-grossense MyCookies, fenômeno no Centro-Oeste que começou com um balcão na porta de escolas vendendo um receita exclusiva, possui atualmente 60 unidades e colocou a expansão em Minas como um dos objetivos principais no ano, oferecendo modelos com investimento inicial a partir de R$ 67,5 mil.

Fundada pela carioca Monique Rodrigues em Guaratinguetá (SP), a Clinicão é a primeira franquia veterinária do Brasil e oferece modelos de negócio diferenciados com investimento inicial a partir de R$ 134 mil e todo o suporte necessário para quem deseja empreender nessa área. A rede conta com cinco unidades, sendo uma na capital.

Outra marca consolidada que também busca expandir no estado é a Ginástica do Cérebro. A rede de cursos oferece treinamentos lúdicos que visam desenvolver e potencializar as habilidades cognitivas, como memória, concentração, atenção, velocidade de raciocínio e lógica, importantes para a saúde e bem-estar, em especial, de idosos, crianças e adolescentes. Com diferentes franquias para cada objetivo e orçamento, aposta na sua nova modalidade, a personal, que não necessita de ponto fixo e possibilita o atendimento em consultó ;rios, residências, salas, tudo sem custo de padronização. Nesse formato, que requer investimento inicial de R$ 11 mil, o franqueado atua como instrutor dessas atividades.

Rede de escolas móveis de inglês, a Dank Idiomas foi criada em 2010 pela professora e empresária Mariza Gottdank, que formatou a franquia para o modelo home office, com aulas online, em 2018. O franqueado faz a gestão do negócio e pode cuidar da parte pedagógica ou contratar professores. Em meio à pandemia do novo coronavírus, a rede dobrou de tamanho e a procura de alunos aumentou em 30%. São 14 unidades espalhadas por Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Goiás, Rio de Janeiro, Uruguai e Canadá. O investimento inicial é de R$ 7,5 mil.

Mais informações:

Cuidare: www.cuidarebr.com.br

Paper Pão: www.paperpao.com.br

MyCookies: www.mycookies.com.br

Clinicão: www.clinicao.com.br

Ginástica do Cérebro: www.ginasticadocerebro.com.br

Dank Idiomas: www.dankidiomas.com.br


Mais informações:

Contato
Copyright © 2021 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com