Negócios em Foco

Clarios economiza mais de 10 milhões de litros de água potável


Sorocaba 15/10/2020 14h44

A fábrica, instalada em Sorocaba (SP), possui uma Estação de Tratamento de Água Pluvial com capacidade de captação de 2 milhões de litros mensais

Fábrica de Sorocaba possui Estação de Tratamento de Água Pluvial - Divulgação Clarios

A Clarios, líder global em soluções de armazenamento de energia, maior fabricante de baterias do Brasil e produtora da marca Heliar, líder entre as montadoras, economizou mais de 10 milhões de litros de água potável em seus processos de produção entre março e setembro de 2020. A fábrica da empresa, instalada em Sorocaba (SP), possui uma Estação de Tratamento de Água Pluvial com capacidade para a captação de 2 milhões de litros de água da chuva por mês, que são destinadas para os sistemas de refrigeração das mesas de formação de baterias. A estação passou a operar no final de fevereiro deste ano.

De acordo com o coordenador de Meio Ambiente da Clarios, Faustino Corrêa da Silva, um total de 30% da água utilizada para os sistemas de refrigeração foram de origem sustentável, ou seja, do líquido captado das chuvas e tratado na estação da empresa. “Sabemos da importância do ato de economizar a água, já que vivemos em um momento de forte estiagem. Por isso, implantamos esse projeto na fábrica, para que conseguíssemos diminuir o uso de água potável, colocando em prática os nossos compromissos com o meio ambiente e com o consumo consciente”, declara.

Reciclagem de baterias

A questão ambiental é muito importante para a Clarios, que é referência mundial na questão de reciclagem de baterias de chumbo ácido, sendo a maior recicladora desse produto no mundo. A empresa tem um programa de economia circular, que garante a reciclagem das baterias produzidas pela empresa. Globalmente, a multinacional recicla 98% do volume de baterias que produz. São 8 mil baterias recicladas por hora no mundo.

No Brasil o programa garante a reciclagem de uma bateria esgotada para cada nova bateria fabricada, atingindo o índice de 100%. Somente neste ano, no Brasil, a Clarios destinou para a reciclagem cerca de 51,6 milhões de toneladas de baterias.

As baterias produzidas pela Clarios são um dos produtos mais recicláveis do mercado, já que até 99% dos materiais utilizados nas baterias podem ser reciclados. O uso de material que passou por reciclagem confere até 90% a menos de uso de energia elétrica e emissão de gases poluentes nos processos de produção.

Em 2019, a equipe de Assuntos Governamentais da Clarios iniciou as negociações que levaram o Ministério do Meio Ambiente a elaborar um acordo de reciclagem responsável, assinado por 70% da cadeia de fornecimento de baterias automotivas do País, incluindo fabricantes, importadores, distribuidores e recicladores. O acordo prevê que, em 2020, produtores e importadores devem reciclar 80% das baterias de carros vendidas. Essas porcentagens aumentam para 85% em 2021 e 90% em 2022.

O Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (IBER) e a Associação Brasileira de Baterias Automotivas e Industriais (ABRABAT), ambas tendo a Clarios como membro fundador, ajudaram a criar e negociar os acordos. O termo foi firmado em agosto, tornando obrigatória a logística reversa para as baterias automotivas de chumbo ácido. Dessa forma, os infratores passam a estar sujeitos às sanções previstas na Lei de Crimes Ambientais (9.605/1998). As punições vão de suspensão das atividades e perda do licenciamento, até multas que variam de R$ 500 mil a R$ 50 milhões.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com