Negócios em Foco

Startup gera mais de R$140 milhões de vendas com site de delivery


São José do Rio Preto - SP 16/09/2020 18h28

Marco histórico na Consumer foi impulsionado pela pandemia do coronavírus que obrigou restaurantes a migrarem para o online e o consumidor a comprar por delivery

Renato Almeira, CEO da Consumer, comemora os milhões em vendas transacionados pelo site de delivery - Divulgação / Assessoria de Imprensa

Nos últimos meses o delivery foi o grande protagonista do cenário brasileiro. A paralisação provocada pela Covid-19 aqueceu o setor ao ser a principal saída para quem queria vender ou comprar – especialmente os sites de entrega de comida.

Em São José do Rio Preto (SP), a Consumer (especializada em soluções para o setor food service), por exemplo, viu o seu site de delivery, o MenuDino, crescer de forma exponencial. Os restaurantes presentes na plataforma transacionaram R$140 milhões em vendas.

Número histórico na Consumer!

Crescimento expressivo

A plataforma atraiu o consumidor que procurou por entrega de comida e os donos de restaurantes que precisaram migrar para o online e criar seu próprio site de delivery. Os milhões injetados na economia foram transacionados por essa compra e venda.

“Agosto foi recorde de cardápios cadastrados e também de pedidos nos cardápios dos clientes. Assim, as vendas geradas pelo MenuDino aos restaurantes, saltaram de R$97 milhões para mais de R$140 milhões”, comemora o CEO da startup, Renato Almeida.

De acordo com Renato, os números vêm registrando crescimento, desde abril.

Para se ter uma ideia:

- O MenuDino chegou à marca de 639.093 mil pedidos ao mês durante a pandemia

- Obteve crescimento de 387% nos pedidos para pequenos e médios negócios

- Atualmente conta com mais de 25 mil restaurantes parceiros! Um crescimento de

200% em relação a março desse ano, quando a empresa registrava cerca de

8 mil restaurantes.

- E todos esses números garantiram um crescimento de 200% ao MenuDino

Site de entrega (grátis)

Segundo o CEO, o MenuDino foi criado em 2017, mas com a chegada da pandemia e com o crescimento acelerado por essa solução, ele foi atualizado. O resultado disso deu vida a duas versões: a completa e a grátis.

Na versão completa, o site de delivery conta com recursos adicionais e um sistema de gestão completo, como: emissão fiscal, monitores de produção na cozinha e transação de pagamento direto no sistema. O programa é disponibilizado através de uma assinatura mensal.

Já a versão grátis é mais simples, porém, atende de maneira eficaz a necessidade do setor. Qualquer empreendedor pode criar seu próprio site, ter o cardápio online e receber os pedidos através do Whatsapp.

Em ambas, não são cobradas taxas ou comissões sobre os pedidos.

VEJA TAMBÉM

Como criar um site de delivery grátis para o seu restaurante?

Quanto custa montar o delivery de um restaurante?

Site ou aplicativo: qual escolher para o seu delivery?

Aplicativos de delivery; segmento de alta demanda

Um levantamento da Ebit/Nielsen mostra que o faturamento de lojas online cresceu 47% no 1º semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019. É a maior alta do setor em 20 anos.

As vendas chegaram a R$ 38,8 bilhões entre janeiro e junho de 2020, contra R$ 26,4 bilhões dos mesmos meses de 2019.O número foi impulsionado pelo crescimento dos pedidos, que saltou 39%. Foram 90,8 milhões de compras no 1º semestre do ano.

A alta reflete a busca dos consumidores por compras na internet durante a pandemia: 7,3 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez no e-commerce.

Os aplicativos de delivery, foi um dos segmentos que mais viu a demanda crescer durante a pandemia. A pesquisa ouviu 2.140 consumidores entre os dias 1 e 13 de julho deste ano e 72% deles disseram que começaram a usar ou estão usando mais apps de delivery.

Consolidação do delivery

Pedidos por site e aplicativos de delivery online já eram uma tendência que estava crescendo entre os consumidores. A pandemia aumentou a demanda e consolidou de vez essa frente.

Renato acredita que mesmo com a volta do atendimento presencial, o consumo de alimentos não será mais como antes. O delivery, que foi a saída para muitos negócios, seguirá em alta.

“Se antes era uma opção a mais de canal de venda, agora é essencial para a sobrevivência. Isso com certeza manterá os serviços de delivery crescendo e, inclusive, influenciará o surgimento de negócios funcionando apenas no online”, finaliza.

Sobre a Consumer

A Consumer é uma empresa de São José do Rio Preto (SP), responsável pela criação do sistema “Consumer”, cujo foco é voltado exclusivamente a bares e restaurantes, pizzarias e lanchonetes. Com 10 anos de desenvolvimento, o sistema possui mais de 100 mil instalações no Brasil e é a solução com maior número de integrações ao Ifood. Além disso, é líder nacional em soluções para o segmento food service e parceiro do SEBRAE no projeto “Alimentação Fora do Lar”, com palestras e treinamentos em todo o país. Em constante evolução, a Consumer busca sempre o que há de melhor para os seus clientes. Oferecendo uma solução completa, estável, simples de usar e com ótimo custo-benefício.

https://consumer.com.br/

Informações para a imprensa

Poulsen - Assessoria de Comunicação

Contatos: poulsen.comunicação@gmail.com / (17) 99124- 9528

Jornalista: Jessâmine Barbosa


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com