Negócios em Foco

“O lugar da rua na cidade humana” é tema de discussão nesta quarta-feira (14/10)


Ribeirão Preto 14/10/2020 11h17

Encontro on-line conta com a participação de Fábio Mariz Gonçalves, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP)

Fábio Mariz Gonçalves

Nesta quarta-feira (14/10), o IPCCIC - Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais promove o último encontro on-line do circuito “Jornada Cidade Humana Hoje - Seis passos para a cidade humana”. O debate terá como tema central “O lugar da rua na cidade humana”, com a participação arquiteto e professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), doutor Fábio Mariz Gonçalves, e da doutora em História da Arte e pesquisadora do IPCCIC, Maria de Fátima Mattos. A live acontece às 19 horas, no Instagram do instituto (@ipccic).

As discussões do encontro serão concentradas, na vitalidade e importância das ruas tanto comerciais quanto as que guardam histórias para a cidade. “Quero contribuir com o entendimento da importância da vitalidade dos espaços públicos e suas múltiplas atividades, garantindo que esses espaços sejam transformadores, impactados e recuperados, sem perder sua potência e significado”, explica o professor convidado Fábio Mariz Gonçalves.

Segundo o professor, neste período de pandemia, o mundo mostrou a importância dos espaços e da vida pública, através da experimentação da falta desses locais na vida das pessoas. “Grande parte da população brasileira não pôde ficar em quarentena, pela dependência das estratégias de ganho e subsistência desses espaços”, comenta.

Já a pesquisadora do IPCCIC, Maria de Fátima Mattos, acrescenta um outro fator importante que é a coletividade. “É na rua que você troca as suas impressões, onde se dão as trocas nas relações pessoais e de vizinhança. A pesquisadora destaca também um problema enfrentado na quarentena: a falta de relacionamento com o outro - o toque, até mesmo as formas de cumprimentos ou mesmo, de olhares e sorrisos. “A falta disso foi um fator de depressão para a maioria dos idosos que estão dentro de casa na quarentena, e também mais jovens. Voltar a frequentar a rua do bairro, rever pessoas faz parte de uma medida profilática de saúde mental, tão necessária neste momento”, alerta.

O encontro faz parte do projeto “Jornada Cidade Humana Hoje - Seis passos para a cidade humana”, que já discutiu temas como suicídio, identidade cultural e saúde pública. Os encontros são on-line e ao vivo, pela rede social do Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais (@ipccic).

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com