Negócios em Foco

Alfredo Pena-Vega faz apelo para a necessidade de pensarmos o futuro pós-pandemia


Ribeirão Preto 29/04/2021 10h53

Se até pouco tempo atrás, pensar no futuro era sinal de imaginar o progresso. Hoje, em meio à maior tragédia sanitária do século 21, pensar o futuro se torna algo angustiante. Mas, mesmo assim, é preciso pensá-lo. Foi essa a tônica das palavras do sociólogo francês Alfredo Pena-Vega, que participou na terça (27), do último dia de programação do evento on-line Revolução Poética: Festival de Ideais. Promovido pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, o festival reuniu, durante três noites, escritores, educadores, professores, pensadores, jornalistas e artistas em discussões em torno do tema “utopia”.

Pena-Vega propõe um exercício de pensarmos o que seria uma utopia realista para a humanidade em um curto espaço de tempo, compreendido entre 2030 e 2050, após todos os reflexos, ainda incalculáveis, deixados pela pandemia de Covid-19. “Como criar um mundo mais alegre e capaz de enfrentar desafios como os que enfrentamos hoje?”, questionou.

Para o sociólogo, professor e pesquisador do Centre Edgar Morin (EHESS/CNRS), são três os grandes desafios neste momento de imaginar o que vem pela frente. “O primeiro é criar um conhecimento, uma sabedoria, que nos permita evitar o negacionismo e a ignorância. E o Brasil, infelizmente, é o principal ator do que está acontecendo hoje neste sentido. Em segundo lugar, o despertar de uma consciência ecológica. Até quando vamos fechar os olhos para as ameaças às riquezas e valores ambientais do planeta? Continuaremos assistindo a esta destruição contínua, sem respeito ao viver e ao mais íntimo de nós? E, por fim, o terceiro desafio é pensar qual modelo de sociedade queremos no sentido mais profundo dos aspectos cultural, social, político e econômico?”, propôs.

Longe de querer ditar regras a serem seguidas - “acredito em uma construção coletiva, e não em teóricos que apontam caminhos ou determinam o que fazer” -, afirmou. Pena-Vega integra um grupo de pesquisadores de várias partes do planeta, inclusive brasileiros, que elaboraram uma “Carta Aberta aos Jovens da Terra Pátria”, para buscar as impressões dos atores da juventude em busca da construção de uma reflexão a educação dentro de uma linha pedagógico-criativa. “Mesmo na adversidade, somos capazes de pensar em maneiras de se implantar uma criatividade coletiva ou uma inteligência criativa”, defendeu. “Hoje, meu maior sonho é que, de uma vez por todas, possamos aprender a ouvir o outro e aceitar que ele pode ter uma ideia diferente da minha. Dialogar com o outro e não o confrontar”, finalizou.

Utopia e poesia

Para discutir o tema “Necessidades poéticas do ser humano: utopia?” junto ao sociólogo, participaram do debate a mestre de cerimônia da noite, curadora e vice-presidente da Fundação do Livro e Leitura, Adriana Silva, a professora e pesquisadora Maria de Fatima Costa Mattos, a arte educadora Brenda Falcão e o educador e escritor Ni Brisant que, antes da palestra de Alfredo Pena-Vega, apresentou, junto à Coletiva de Rua Sarau Disseminas, a performance “Vozes Bússolas: poesia como arte do risco”.

O sociólogo participou do evento direto de sua casa, no sul da França, enquanto os demais participantes estavam no Instituto SEB – A Fábrica, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança orientados pela OMS.

O “Revolução Poética – Festival de Ideias” foi contemplado pelo edital ProAc Expresso LAB 40/2020 criado através da Lei Aldir Blanc. Trata-se de um projeto realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Instituto SEB e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto.

Todas as atividades, realizadas de 25 a 27 de abril, estão disponíveis e podem ser acessadas pelas redes sociais da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto (YouTube e Facebook) ou pela plataforma digital (www.fundacaodolivroeleiturarp.com/).

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com