Negócios em Foco

Inclusão e diversidade: inglês deixa de ser uma exigência em processos seletivos para trainee de grandes empresas


São Paulo 20/08/2021 17h01

Na busca pela inclusão, organizações abrem mão da proficiência na língua inglesa como pré requisito e investem em cursos específicos para o aprendizado do idioma após a contratação

Mulher Negra segura Notbook encostada em uma parede - Photo by Christina @ wocintechchat.com on Unsplash

Não é de hoje que a inclusão socioeconômica virou a pauta principal do mercado corporativo. Com isso, as estratégias de recrutamento das grandes corporações têm passado por uma grande transformação. Com a temporada de vagas para trainees começando agora no mês de agosto é possível identificar uma importante mudança nos pré-requisitos dos candidatos. Com o propósito de fomentar a diversidade e dar mais oportunidades para jovens talentos, as empresas deixaram de lado a exigência do inglês nos processos seletivos para este tipo de posição. Dessa forma, as organizações passaram a investir em plataformas e cursos customizados para o ensino da língua inglesa somente depois da contratação.

Para Rafael Iapequino, Head de Marketing da Slang, plataforma online para aprendizagem de inglês, especializada em conteúdos profissionais e técnicos, a tendência é que as companhias possam priorizar outras competências dos candidatos no momento da seleção, e que invistam cada vez mais em programas contínuos de capacitação e treinamento de funcionários, de acordo com a necessidade de cada profissional e função. Além disso, devem se apoiar ainda mais em tecnologias que otimizem de forma eficiente o aprendizado.

“Criamos uma solução que capacita alunos ao longo de sua jornada profissional, fornecendo o inglês técnico necessário para cada momento de suas carreiras. Nossos cursos funcionam de forma modular, onde você consegue facilmente combinar tópicos, capacitando sua equipe em qualquer área de especialização. Um trainee de RH, por exemplo, trabalhando na indústria automotiva deve considerar ter em sua trilha de aprendizagem os cursos de inglês para treinamentos, contratação, além do inglês geral. Diferente de um colaborador da mesma empresa que seja da área do TI, esse precisa ter suas práticas da língua e vocabulário abrangendo questões de segurança da informação, desenvolvimento de softwares, gerenciamento de dados, entre outros. Ou seja, as empresas agora focam em avaliar outras habilidades dos candidatos durante a seleção, e a preparação para o uso do inglês fica por nossa conta. Esse movimento tem aberto um grande leque de oportunidades para jovens talentos, em sua maioria pessoas de baixa renda ou grupos minoritários, que antes nem eram considerados para seguirem no processo por conta da falta do inglês", afirma.

Segundo uma pesquisa da Hays de 2019, 91% das empresas no Brasil exigem algum nível de conhecimento de inglês de seus funcionários, por outro lado, apenas 5% da população do país fala uma segunda língua e menos de 3% falam inglês fluente. Agora, se olharmos para grupos minoritários, a situação ainda é pior. De acordo com o Empreenda Afro, agência especializada na inclusão de profissionais negros no mercado, apenas 43% da sua base de currículos tinham um segundo idioma, sendo que a maioria só possui conhecimentos básicos.

A Slang, que opera no Brasil desde o ano passado, surgiu justamente da dificuldade que o seu atual CEO, o colombiano Diego Villegas, encontrou como executivo no segmento de óleo e gás. Por meio do uso de inteligência artificial, a startup desenvolve cursos de inglês direcionados a mercados e áreas específicas. Os cursos são rápidos e eficientes, podendo ser uma opção tanto para quem deseja se preparar para uma vaga, como para empresas que queiram abrir mão do inglês como exigência e investir em seus talentos .

Sobre a Slang: Slang é uma plataforma online para aprendizagem de inglês especializada em conteúdos profissionais e técnicos. Sua tecnologia modular permite criar planos de estudos dinâmicos e otimizados, de acordo com a necessidade de cada usuário, departamento ou instituição, garantindo uma experiência hiperpersonalizada. Em 2020, a Slang foi eleita a edtech mais promissora no Global Edtech Startup Awards. Para saber mais sobre a empresa, acesse https://slangapp.com/.


Mais informações:

Contato
Copyright © 2021 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com